Ocorreu um erro neste gadget

30 abril, 2012

O DIA DE SÁBADO

                                 

   E é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei. Lc. 16.17.
   Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas, não vim ab-rogar, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei sem que tudo seja cumprido. Mt. 5.17-18.
   E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra, que Deus criara e fizera. Gn. 2.3.
   Vou deixar abaixo, uma lista com alguns versículos referentes a questão do dia de Sábado. Mas antes gostaria de lembrar, que a Bíblia é um livro feito da perfeita inspiração de Deus, portanto incontestável  e irrevogável,  para todos que o servem ou almejam servi-lo. Portanto, entre as doutrinas de homens e a Palavra de Deus, fique sempre com a Palavra de Deus.
Êx. = 16.23-25. / 20. 8-11. / 31-13.
Lv. = 16.31. / 19.30./ 25..4. / 26.2.    
Nm. = 10.31. / 15.32. 
Dt. = 5.12
Ne. = 13.13-17.
Is. = 1.13. / 56.2. / 58.13. / 66.23.
Ez, = 20.12. / 44.24.
Mt. = 12.1. / 12.23-25. / 24.20.
Mc. = 2.27. / 3.2. / 16.1.
Lc. = 4.16. / 6.6. / 13.10-14. / 14.1. / 23.56. / 28.1.
Jo. = 5.10. / 9.14. / 7.22-23.
At. = 1.12 / 13.44. / 16.33.
Cl. = 2.16.    
   Em Êxodo capitulo 20, do versículo 8 ao 11, temos o quarto Mandamento ou Lei de Deus, Leis consideradas Leis morais, conhecidas como decálogo ou os 10 Mandamentos, dados a Moisés no monte Sinai, as quatro primeiras se referem ao comportamento do homem para com Deus, e as outros seis, do homem para com o seu semelhante, e que segundo a Bíblia, só serão extintos, com á volta do Senhor Jesus. ( Lembra-te do dia de Sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o Sábado do SENHOR, teu Deus; não faras nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque em seis dias, fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, o SENHOR abençoou o dia de Sábado e o santificou.)
   Contra os fatos, não existem argumentos; algumas questões, como o calendário lunar utilizado pelo povo Hebreu, dês dos tempos de Abraão, unica fonte cronológica respaldada pela Bíblia e que data de 5773 anos atrás, tem sido questionado por alguns para tentar desvirtuar a verdade.
   A Bíblia foi um livro, projetado por Deus, de forma a sobreviver ao tempo e costumes, independente de locais e épocas, ou seja um livro atemporal. ( Passará o céu e a terra mais, porém as minhas palavras não passarão. Mt 24.35)  
   Umas das suas principais caraterísticas, e a capacidade de interligar passado, presente e futuro, em um mesmo plano, um livro único e perfeito, outra caraterística é  se tratar de um livro que interage constantemente com o seu leitor, assim nôs confirmando a sua fonte Divina de inspiração.
   O liberdade de escolhas, ou livre arbítrio, sitado constantemente pela Bíblia, através de suas  narrativas, são frutos dos atos seguidos de suas consequências, ou seja tudo posso mas nem tudo devo fazer. O verdadeiro Cristão e aquele que já fez suas escolhas, crê que Deus se revela ao homem através da sua palavra, e fás dela o seu manual de vida, e a consequência por abrir mão de quaisquer outras opções de escolhas é, a vida eterna. A nossa obediência depende da Fé, sem ela é impossível agradar a Deus.
  Agora entramos no ápice da questão, o que na Bíblia é para ser agregado como valores e experiencias a serem usados no nosso dia a dia, e o que simplesmente deve ser obedecido na sua integra sem quaisquer refutação ou interpretação, a resposta e muito fácil, praticamente a Bíblia inteira é um livro de valores a serem agregados, essa e a forma de passarmos a ter o caráter de Cristo, ma o que tem que ser irremediavelmente obedecido na sua integra, são os Mandamentos ou Leis de Deus, a desobediência incorre na mesma consequência do pecado de Adão e Eva a morte.  
   Deixar de guardar o sábado e cumprir qualquer um dos outros mandamentos de Deus, fundamentados em doutrinas erronias de homens é um fato gravíssimo, que tem como principal consequência a divisão e a apostasia da Fé. Paremos de dar ouvido aos oportunistas, e nos voltemos para a palavra de Deus. (A tua lei é a verdade; Sl 119.142 / Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertara; Jo 8.32)
   Jesus nunca aboliu as leis ou mandamentos, muito pelo contrario, os tornou mas rígido, pôs agora temos o Espirito da verdade.  (Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei; 1 Jo 3.4)
   Muitos quando indagados sobre suas atitudes, dizem que estão no tempo da graça e não da Lei; mas se esquecem, que permanecer de baixo da graça de Deus depende de Fé e obediência a sua palavra.
   Não existe na Bíblia um único versículo se quer, que gere autoridade para a anulação de qualquer um dos Mandamentos de Deus, isso só poderia ser feito Pelo Próprio, que não o fez, mas nunca por homens que na sua prepotência pensam que eles ou a propiá  igreja  teria autoridade para isso, nós somos apenas servos e só servos.( 1 Jo 5.2-3 / Dn 7.25 )
   Embora os apóstolos se reunissem aos domingos pela manhã para compartilharem da Ceia do SENHOR,  não existe nenhuma evidencia na Bíblia, sobre a questão da conservância do Domingo como dia de descanso, pelo contrario, tudo índica que eles continuavam sempre que possível a guardar o Sábado. Quanto a Santa Ceia, foi instituída por Cristo em uma tarde de quinta feira, véspera da sexta-feira da pascoa judaica.   
                   Sábado ou Domingo? O bom seria tirar o Sábado para descanso, oração e meditação e o Domingo para a confraternização entre irmãos em Cristo e família. 
   Essa postagem foi feita para fins de esclarecimento, e nunca com a intenção de julgar a quem quer que seja, a salvação é individual assim como as escolhas; afinal a vida de todos nós esta literalmente nas mãos do Senhor Jesus.  
   O Senhor Jesus abençoe a todos. 
              Em nossa próxima postagem estaremos falando sobre a graça de Deus

                                                          Calendário Hebraico.
   O calendário Hebraico tem inicio ao por do sol de uma segunda feira, (yom sheni) do dia sete de outubro,(kislev) de 3761 A.C.(Nes Hamá= alma de Adão, o primeiro homem'abir").
   Baseado nos ciclos da lua, tem como o primeiro dia de cada mês, o primeiro dia da lua nova; o  ano começa em setembro/outubro, (tishrei) logo no inicio da primavera 
   Os anos são classificados como normais ( 353,354 e 355 dias ) e longos ( 383,384 e 385 dias ), os longos ocorrem sete vezes dentro de um período de dezenove anos, tendo um mês de vinte e nove dias a mas,( adar II ), isso no ano (3,6,8,11,14,17,19) do mesmo ciclo.
                  MESES         
 1 - Nissam            / 30 dias ( Pascoa Judaica)   
 2 - Iyar                 / 29     
 3 - Sivan               / 30    
 4 - Tamuz             / 29    
 5 - Av                   / 30   
 6 - Elul                 / 29
 7 - Tishrei            / 29 
 8 - Cheshvam 29 / 30    
 9 - Kislev        29 / 30    
10 - Tevet             / 30      
11 - Shvat             / 30     
12 - Adar I            / 29     
13 - Adar II          / 29      


                 Semana


Domingo         - Yom Rishon
Segunda feira - Sheni
Terça feira      - Shlishi
Quarta feira    - Revi"i
Quinta feira     - Rasmishi
Sexta feira       - Shishi
Sabado             - Shabat
   Em Êxodo capitulo doze, o senhor institui o primeiro mês do ano, com isso concluo, afirmando ser esse o único calendário verdadeiramente fundamentado na Palavra de Deus.
   Que ninguém se de por enganado depois de receber o Espirito e a Palavra de Deus.     

Um comentário:

Rede Missão disse...

A paz...
Obrigada pela visita na Ubeblogs.
Entrei como seguidora. Deixo o meu link para você fazer uma visita no meu blog.
http://redemissao.blogspot.com.br/
Shalom.
Angela Caldas.